terça-feira, 18 de outubro de 2016

A dor não mata...


A dor não mata se Deus está presente
Só quem caminha com Ele entende o valor
De uma lágrima derramada no altar da dor
Enxugada pelas mãos do consolador


 Se Ele quiser, Ele ressuscita mortos
Ele faz o impossível
Tudo porque Ele é Deus










Mas se Ele não quer que aconteça do meu jeito
Eu declaro que eu aceito
E agora o milagre sou eu, sou eu
O milagre sou eu, sou eu




Eu não vou parar, vou continuar
Te adorando, Deus
O milagre sou eu, sou eu



Eu acredito em milagres!